Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Bem vindo ao Nortão News, Juara 07 de Agosto de 2020
Quem Somos   I   Contato

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

  INÍCIO  
  NOTÍCIAS  
  EVENTOS  
  VÍDEOS  
  ARTIGOS  
  FAVORITOS  
 Proteína Animal.
16 de Junho, 2020 - 14:49
A importância do consumo da proteína animal em tempos de coronavírus
     

 Em meio à pandemia da Covid-19 - conhecido popularmente como novo coronavírus -, a população mundial está mais alerta quanto à importância de manter a imunidade em dia. Esse fator mostrou-se essencial para a recuperação de quem foi infectado, assim como para deixar o organismo totalmente pronto para lutar contra qualquer tipo de infecção. Tal preocupação ganha ainda mais destaque, pois a sociedade ainda não consegue se proteger desse vírus por meio de uma vacina ou quaisquer outros medicamentos.


Assim, uma alimentação equilibrada é essencial como forma de atenuar os maléficos efeitos desse vírus, que paralisou todo o mundo. Uma dieta variada e saudável se transformou em uma importante aliada em tempos de quarentena, o que, certamente, deve incluir carne, leite e ovos. Afinal de contas, esses itens são verdadeiras fontes de proteínas, vitaminas e minerais altamente indispensáveis.


A opção por estes produtos pelas pessoas também se transforma, sobretudo, em um cuidado no que se come em plena quarentena. Um consumo excessivo de alimentos energéticos pode afetar a capacidade do sistema imunológico, capaz de combater as infecções do corpo. E também está vinculado à obesidade e, consequentemente à maior predisposição a doenças. A proteína animal ajuda no controle do peso porque aumenta a sensação de saciedade, segundo a revista americana Drovers. Com isso, há menor ingestão de calorias, bem como reduz o desejo de beliscar entre as refeições saudáveis.


A proteína animal responde por uma parte fundamental da dieta do ser humano. Para garantir imunidade ao organismo em tempos de pandemia, os alimentos do gênero são ainda mais essenciais aos seres humanos. A carne, o leite e os ovos fornecem maior quantidade de aminoácidos fundamentais, que não são produzidos pelo organismo humano. Fora isso, permitem o desenvolvimento de funções vitais, como a formação das estruturas ósseas e musculares, de acordo com a Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte.


A título de esclarecimento, nove dos 20 tipos de aminoácidos existentes são indispensáveis para o ser humano. A proteína animal é constituída pela maioria deles, diferentemente de outras fontes, que possuem níveis mais baixos no fornecimento dos mesmos. A constatação faz parte de um estudo da Universidade da Columbia Britânica, no Canadá, publicada na revista científica Applied Physiology, Nutrition and Metabolism.


Comer carnes bovinas, suínas, de frango e de peixe elimina a possibilidade de falta de proteína. Fora isso, são fontes ricas em minerais, ferro, zinco, vitaminas A, D e as do complexo B. As três variedades de carnes também contam com um mineral essencial para o sistema imunológico tão importante em tempos de Covid-19. O selênio absorvido pelo organismo é usado no combate aos patógenos e ainda funciona como antioxidantes. Além disso, garantem os níveis necessários de ferro e de vitaminas B6 e B12. Vale lembrar que a falta delas provoca uma anemia e limita a oxigenação dos tecidos. Esse fato é cientificamente comprovado e, por esse motivo, claramente recomendado por médicos e nutricionistas.


Ainda sobre a B12, essa vitamina é encontrada também nos ovos. É responsável pelo fortalecimento do sistema nervoso e aumenta a produção de sangue. Esse alimento também contém B1, fundamental para a produção de anticorpos. E, para completar, o leite é rico em cálcio e vitamina D, considerado bastante importante para prevenir a osteoporose, de acordo com diversos estudos realizados desde a década de 1920, logo após a descoberta da vitamina.


Mas para isso, também é importante variar o seu consumo, até porque cada uma delas também carrega vitaminas e minerais diferentes. Por meio dessa diversificação, a pessoa consegue se cercar desses elementos tão fundamentais para o corpo. Vale lembrar que uma alimentação saudável também pede o consumo de fibras, verduras, legumes, grãos e frutas. Dessa maneira, garantindo a tão preciosa imunidade frente ao enfrentamento da Covid-19 através da nutrição.


Fernanda Hoe é diretora de Marketing para América Latina da Elanco Saúde Animal. Formada em veterinária pela Universidade Estadual Paulista, é mestrada em Ciências pela Universidade de Wisconsin e tem MBA pela Fundação Getúlio Vargas.

Fonte: P do A.
* O NortãoNews não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Notícias
06/08/2020
05/08/2020
04/08/2020
03/08/2020
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 Enquete

 Artigos
  INÍCIO  
 
  NOTÍCIAS  
 
  EVENTOS  
 
  VÍDEOS  
 
  ARTIGOS  
 
  FAVORITOS  
© 2020 - Todos direitos reservados