Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Bem vindo ao Nortão News, Juara 25 de Junho de 2019
Quem Somos   I   Contato
  INÍCIO  
  NOTÍCIAS  
  EVENTOS  
  VÍDEOS  
  ARTIGOS  
  FAVORITOS  
 Reposição Bovina.
6 de Junho, 2019 - 10:45
Cotações disparando no mercado de reposição
     

 O volume de chuvas diminuiu, as temperaturas caíram e a qualidade das pastagens já não é mais a mesma observada nos meses anteriores. Essa somatória de fatores acelerou a saída da boiada gorda das pastagens e, consequentemente, recriadores e invernistas aumentaram a procura por reposição para fazer a troca. Fato comum para o período do ano.


Além da maior demanda, o volume de bezerros desmamados chegando ao mercado está aumentando gradativamente nas últimas semanas, gerando mais um fator de estímulo para os negócios.


Mas o pecuarista que está fazendo a troca atualmente se depara com um cenário de queda no poder de compra. Isso porque, de um lado, a desova de final de safra está aumentando a disponibilidade de matéria-prima para os frigoríficos, gerando queda nas cotações da arroba do boi gordo.


Por outro lado, as cotações no mercado de reposição seguem o caminho oposto. Já são onze meses consecutivos de alta das cotações.


Chama atenção que, além das valorizações consecutivas, a intensidade das altas está aumentando. Na média de todas as categorias de machos, fêmeas e estados pesquisados pela Scot Consultoria, em maio as cotações subiram 2,3%, a maior alta dos últimos onze meses.


Com essa disparidade entre as cotações do boi gordo e do bezerro, a relação de troca piorou para recriadores e invernistas.


Tomando como base São Paulo, em abril eram necessárias 8,18 arrobas de boi gordo para a compra de um bezerro desmamado, anelorado, com 6@. Em maio essa mesma relação saltou para 8,67 arrobas. Ou seja, uma piora de 6,0% na relação de troca.


Para o curto prazo o cenário no mercado de reposição não deve ter alterações significativas. A tendência é de manutenção do cenário de demanda aquecida e cotações firmes. Já pelo lado do boi gordo, o início de mês pode trazer firmeza para às cotações da arroba e minimizar a queda no poder de compra do recriador e invernista.


 


 

Fonte: P do A.
* O NortãoNews não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Notícias
24/06/2019
23/06/2019
22/06/2019
21/06/2019
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
 Enquete

 Artigos
  INÍCIO  
 
  NOTÍCIAS  
 
  EVENTOS  
 
  VÍDEOS  
 
  ARTIGOS  
 
  FAVORITOS  
© 2019 - Todos direitos reservados