Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Bem vindo ao Nortão News, Juara 24 de Fevereiro de 2020
Quem Somos   I   Contato

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

  INÍCIO  
  NOTÍCIAS  
  EVENTOS  
  VÍDEOS  
  ARTIGOS  
  FAVORITOS  
 ARTIGO
30 de Maio, 2011 - 07:31
  GABRIEL NOVIS NEVES

   Gambiarra
     

É o xodó do povo brasileiro. É incontável o número de pessoas que já se utilizaram deste artifício em sua casa. Gambiarra seria uma improvisação, ou o famoso jeitinho brasileiro. É uma solução falha e provisória para um problema.

Acho até que é invenção brasileira. Não sei se foi patenteada.

Estou acompanhando o sofrimento de um amigo para localizar o local da gambiarra na sua moradia. Talvez tenha que demolir uma parede do seu apartamento e acabar com um armário.

Tudo começou quando o seu filho mais velho, estudante de engenharia, resolveu fazer uma gambiarra do telefone fixo que ficava no quarto do "velho". Utilizou sem o conhecimento e consentimento do pai, uma extensão até o seu quarto para instalar um computador.

Não deu certo o improviso. O técnico da operadora está batendo a cabeça há três dias. Já chamou o seu supervisor e nada. O apartamento não possui mais a planta de instalação telefônica, e o espaço foi muito remexido nos últimos anos.

Há pouco tempo, mudei de operadora telefônica. A primeira exigência feita pela nova empresa foi a de trocar toda a fiação. A alegação é que eles trabalham com fios de fibra ótica.

O material instalado na minha casa, mas funcionando muito bem, estava obsoleto, segundo o técnico. Na troca foram descobertas inúmeras gambiarras que, segundo os técnicos, prejudicavam a qualidade do serviço.

Houve um momento em que cheguei a desistir da modernização do meu sistema de comunicação: internet e telefone. Passei por aborrecimentos, estresses e os serviços saíram caro. Por enquanto tudo está funcionando. A gambiarra doméstica é realizada para "quebrar um galho" do proprietário.

Temos também outros tipos de gambiarras, essas extremamente prejudiciais ao povo brasileiro. O Palácio do Planalto passou por uma grande reforma. E não é que descobriram uma gambiarra no 4º andar, segundo notícias da imprensa?

Coisinha feia!

Se na cabeça do "número um" colocam gambiarras, imagino o que acontece, nos outros conjuntos arquitetônicos projetados pelo Niemayer.

Oh, Brasil das gambiarras.

GABRIEL NOVIS NEVES é médico e foi reitor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

borbon@terra.com.br

* O NortãoNews não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Artigos
18/05/2016
26/02/2016
01/12/2015
20/11/2015
30/06/2015
02/02/2015
21/04/2014
09/02/2014
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 Enquete

 Artigos
  INÍCIO  
 
  NOTÍCIAS  
 
  EVENTOS  
 
  VÍDEOS  
 
  ARTIGOS  
© 2020 - Todos direitos reservados